domingo, 14 de novembro de 2010

OuTonalidades na Galiza: Sofia Vitória e Tres Peixes Voando

OuTonalidades em destaque na Radio Galega, com entrevistas a Sofia Vitória e João da Ilha.

Tres Peixes Voando [Radio Galega] | 14 Novembro 2010

sábado, 2 de outubro de 2010

O Gesto Orelhudo em Águeda

Pode ser uma alternativa ao concerto dos U2, que aglutina todas as atenções deste fim de semana: "o Gesto Orelhudo" é um evento organizado pela Associação Cultural D'Orfeu, localizada em Águeda, aposta na fusão entre vários géneros performativos e reúne vários artistas nacionais e internacionais. O jornalista Frederico Moreno conta-nos mais sobre este festival, que principia hoje e que se estende até ao próximo dia 8.


Antena 1 | 2 Outubro 2010

sábado, 12 de junho de 2010

Toques do Caramulo no Ollin Kan 2010

Crítica de Luís Rei
Crónicas da Terra
Junho 2010

Luís Fernandes, cantor, acordeonista e, sobretudo, performer dos Toques do Caramulo deve ter consultado o oráculo e, por isso, já devia saber que iria tocar para gente sentada. A mudança de espaços não afectou minimamente o projecto de Águeda que parecia ter este espectáculo planeado ao segundo. Sintonia perfeita entre os músicos que ora param, ora voltam a atacar em diferentes velocidades uma moda, consoante as necessidades performativas do mestre de cerimónias, que sai do palco para andar pelo meio da sala, em sessão de equilibrista em cima de cadeiras, seduz, assusta as senhoras mais distraídas (numa emulação de um número à Fura dels Baus), pára (e manda parar a banda) e faz longa pose quando sente que está sob o foco das objectivas. À parte destes números circenses (que os Babylon Circus também poderiam adoptar caso fossem para o meio do público), nota-se que musicalmente o projecto está muito bem oleado, que o palco é o seu habitat natural. A matriz continua a ser da pura fonte da folk serrana, como a da água do Caramulo, mas a fluência em diversas linguagens musicais (da folk europeia mais purista à mais experimentalista, do jazz e do blues – Peninha sempre muito discreto mas também sempre muito eficaz – a batidas que ecoam a Gotan Project ou Bajofondo – com Larita a saltar mais alto que o Ben Reed) faz de um projecto marcadamente regional, num caso sério da folk universal. Pena que o tempo gasto com o lado lúdico que cativou o público tenha reduzido a set list. O público pediu encore mas a apertada agenda e esforço da organização em cumprir horários impediu nova epifania.
4estrelas.gif

Luís Fernandes – Toques do Caramulo © Luís Vidal

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010